@ leeh diz: Ela estava sentada, ele sempre a olhava como se ela fosse unica, como se ela fosse dele, mas de uns tempos pra cá seus olhos estavam cheios de nada, cheios de neblina, e aquele sorriso que ela sempre amou não estampava mais aquela face. O fim sempre pareceu tão distante e de repente ele estava ali, sentado ao seu lado num canto qualquer de algum lugar. Ela se perguntou por que com ela, por que agora, por que logo os dois? eles eram um só, e sendo um só jamais poderiam se separar certo? Ele calado, olhou pra baixo e voltou a andar, andar pelo nada, o mesmo nada em que ela o encontrou, a tanto tempo atras. Com lagrimas nos olhos e um grito na garganta pronto pra chamar o seu nome e agarrar teu corpo ela se deixou cair num sono profundo, acordada sonhava e dormindo pouco entendia, ele era seu pequeno, ele era seu maior, se ele a amava por que aceitou partir e deixar tudo sem cor? Cada lembrança, cada toque do telefone e a cada esperança de ser ele, ela deixava sua vida um tanto pra tras, um tanto de lado. Se tudo fosse como ela havia planejado... os dois juntos para todo o sempre, compartilhando da mesma felicidade e de um copo de nescau quentinho, ele sorrindo olhando pra ela e dizendo que seu mundo era aquilo e ela com a certeza de que nada mais seria preciso. Ela nunca soube por onde ele andou, ela nunca soube se ele um dia resolveu voltar, é que pouco tempo depois, de saudade e de tristeza ela desistiu de lutar...

3 comentários:

Bibes disse...

aaaaanw fiquei arrepiada aqui. *-* nossa menina como você tá escrevendo tão bem! parabéns viu? amei muito e me identifiquei horrores com esse texto D: -q beeijos!

LeticiaB disse...

ouwn obrigada *-* que bom que vc gostou (:

Marcela D. disse...

Oiiii
coloquei seguidores laaa
lindo seuu blog
vou te seguir tb..
beijos

Postar um comentário

Copyright 2009 Desconquistas em Série. All rights reserved.
Sponsored by: Website Templates | Premium Wordpress Themes | consumer products. Distributed by: blogger template.
Bloggerized by Miss Dothy